Arquivo da tag: Wallaby

Kangaroo Island (parte 1)

Boa taarde Brasil! São 2 da manhã e talz, mas eu nem tô com sono e tô fazendo fofoca com o pessoal do Brasil, mas como não tô tãão ocupada vou aproveitar pra fazer um post sobre a viagem mais roots que eu já fiz. “VALEU STBÊÊ!!”

Então galera, o planejado era encontrar a galera às 6 horas da madrugada na esquina da Franklin Street com a Canon Street. A aventura já começou um dia antes, quando eu peguei meu mapinha da cidade pra procurar o ponto de encontro e descobri que a Canon Street simplesmente não estava no mapa. NÃO, NÃO ESTAVA EM MAPA NENHUM!!

Dai eu pensei, bom, vou pra cidade, vou andando pela franklin e tenho que achar essa esquina né. Andei, andei, andei. Até que decidi parar pra pedir informação. OS AUSTRALIANOS NÃO SABIAM AONDE ERA A MERDA DA RUA. Ok, fui na Bus Station e a moça que trabalha lá sabia, graças a deus. Achei a rua e fui pra casa feliz e tranquila.

Dai de noite fui planejar minha ida pra cidade, peguei o time table do 141/142 e fui ver os horários. Descobri que o primeiro ônibus ia pra cidade às 7. Eu tinha que estar NA cidade às 6 e eu morro de medo de pedir taxi. Então, o que eu decidi fazer? Acordar cedo e ir ANDANDO. Sim, queridos amigos, eu andei da minha casa até a cidade.

No sábado, dia 27/03, acordei 4:30 da madrugada, me arrumei correndo, comi umas barrinhas de cereal que eu achei no armário, botei a mochila nas costas e saí de casa 10 pras 5. Sim, eu moro perto  da cidade se tiver de ônibus, mas pra andar demora bastante. Tava completamente deserto, ainda tava escuro (horário de verão, galera, só clareia às 7) e eu andando por umas ruas cercadas de floresta, me senti subindo o alto da boa vista de madrugada (desculpa pra quem não é do rio). Andei que nem uma condenada, cheguei no começo da cidade às 5:45, mega pensei em passar no hungry jacks (burguer king australiano), mas tive força de vontade e continuei andando. Cheguei no ponto de encontro um pouquinho antes das 6.

Por incrível que pareça, todo mundo falou alguma coisa sobre a maldita Canon Street, ela é tipo um beco tenso. Chegou todo mundo, chegou nosso transporte, partimos pro lugar que a gente ia pegar o barco. Pegamos o barco, chegamos em Kangaroo Island! \o/

Saímos do barco, nossa primeira vista já era maravilhosa. Pegamos o mini ônibus e fomos pro primeiro stop: tipo uma colina (?) que a gente subiu pra ver a vista lá de cima, que era linda. Mas quase morri no caminho, foram 500 degraus. No caminho tinha umas placas que me deram um medinho tenso:

Subimos, chegamos lá em cima, e descemos. Fomos pro segundo stop pra tirar foto e depois fomos pra acomodação almoçar. A kate  disse que a gente já tava chegando quando entrou numa estrada tensa, até que chegamos na nossa acomodação no meio do NADA: (sim, vou botar várias fotos)

E fomos botar nossas coisas no quarto:

Depois de acomodados, fomos ajudar a preparar o almoço, que foi churrasco australiano com salada:

Parece meio feio, mas tava uma delícia. E adivinha o que é a carne da direita, da parte de baixo? Se você pensou em canguru, acertou. Sim, eu comi canguru, e é MUITO bom. Depois do almoço nós fomos em um parque de preservação, eu vi meu primeiro koala, vimos leões marinhos e fomos pra Remarkable Rocks. Mas isso tudo eu boto no próximo post, são quase 4 da manhã e eu tô exausta.

Beijinhos e obrigada por passar por aqui. =*

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Intercâmbio, Viagens